Notícias

Finalista da Copa Verde, Edimar enaltece campanha invicta do Paysandu e revela postura para estreia do Papão na Série B contra Ponte Preta

sexta-feira, 13 de Abril de 2018

Foto: Fernando Torres/Paysandu

Seis jogos, cinco vitórias e um empate. Com essa campanha invicta, o Paysandu garantiu na última quarta-feira, com uma vitória de 2×1 contra o Manaus, sua classificação para a final da Copa Verde. Na decisão, o Papão irá encarar o Atlético Itapemirim. O vencedor da competição garante vaga nas oitavas-de-final da Copa do Brasil de 2019.

Titular da defesa bicolor, Edimar valoriza a classificação para a final da Copa Verde, principalmente após o time não ter conquistado o Campeonato Paraense. “Foi uma classificação para levantar a autoestima nossa e também da torcida após a final do estadual. O que aconteceu na decisão ficou para o passado, conseguimos reagir rapidamente e demos ao clube essa classificação para a final, que é importante visando o calendário de 2019”, enalteceu o zagueiro.

Na opinião de Edimar, um dos diferenciais Paysandu para chegar à decisão foi ter feito uma campanha consistente. “Essa classificação para final de forma invicta não foi por acaso. O Paysandu mostrou sua força nos jogos como mandante e visitante. Certamente, isso foi o nosso diferencial. Enfrentamos equipes fortes como o Manaus, mas conseguimos ter uma postura firme e precisamos manter isso em busca do título”, explicou o defensor de 29 anos.

O Paysandu não terá muito tempo para comemorar a classificação à final da Copa Verde. Neste sábado, às 21h, os comandados de Dado Cavalcanti estreiam na Série B, fora de casa, contra a Ponte Preta. Edimar conhece bem o rival, pois iniciou esta temporada disputando o Campeonato Paulista pelo Mirassol. “A Ponte tem um time muito forte. Eles foram campeões do interior de São Paulo. O professor Dado já nos passou alguns detalhes importantes do time deles. Mesmo jogando fora de casa, estamos confiantes para fazermos mais uma apresentação positiva, como foi diante do Manaus. Queremos tirar pontos da Ponte Preta e iniciar bem a Série B”, finalizou.